sexta-feira, 22 de Outubro de 2010

Frango Caseiro em Vinho Tinto Aromatizado com Salsa

Pin It





A culinária, assim como muitas outras coisas, é feita de modas, de manias.
Estamos numa altura em que um simples queque, do mais básico possível, é apelidado de "cupcake".
Estrangeirismos, imitações, ilusões de que ao chamar "cupcake" o queque ganha outro sabor... pura ilusão.
Os queques em Portugal são sempre queques, simples, decorados, com sabores, recheios e infinitas receitas que são todas deliciosas, mas são queques!
A receita de hoje não são queques, nem nada parecido, mas a conversa dos queques vem pelo estrangeirismo.
Poderia tê-la chamado de "Coq au Vin", e ficaria com um ar muito mais requintado.
Mas feita na minha cozinha é portuguesa, logo chama-se frango caseiro em vinho tinto, bem à portuguesa!
E rematado com o aroma e o sabor da salsa, perfeito!

Não lhe chamem nomes, chamem-na pelo seu real nome, pois é frango... o simples frango da Avó Mariana!

E lembrem-se de, a próxima vez que ouvirem apregoar "cupcake", é um queque, um simples queque!
Não se iludam.

Aproveito a receita e participo no passatempo do 1.º Aniversário do blog da Lenita, Tentações sobre a Mesa!

Ingredientes:
| Frango
| 3 dentes de Alho
| Louro
| Mistura de Especiarias
| Vinho Tinto
| Salsa
| Azeite
| 1 caldo de Tempero de Alho e Salsa
| Bacon
| 1 Cebola

Preparação:
Corta-se o frango em pedaços pequenos.
Tempera-se com alho, louro, mistura de especiarias, vinho tinto e junta-se ainda um ramo de salsa.
Deixa-se tomar gosto durante uns minutos, também pode ser temperado de véspera.

Num tacho coloca-se um pouco de azeite e a cebola picada.
Quando começar a ficar translúcida junta-se o bacon em pedaços pequenos e os pedaços de frango bem escorridos.
Frita-se durante uns minutos, adiciona-se a marinada e se necessário, um pouco de água.
Deixa-se cozinhar durante 20 minutos, ou até a carne estar macia.
Os frangos caseiros demoram sempre mais tempo a cozinhar que os de aviário.



Foi servido com batata frita e com couve cozida.



30 comentários:

  1. Sou um pouco como tu!! O nome que dou nas comidas que faço não são nada mais, nada menos que os ingredientes que se destacam!! Não sou de seguir receitas de livros nem nada, por isso até é provavel que algumas coisas que eu faça tenham o seu nome chique! Mas como sou de confort food, é assim mesmo que ela deve ser chamada!! Nos restaurantes também devia ser um pouco assim para evitar as tais questões "o que leva???".

    ResponderEliminar
  2. Luísa,
    Que frango delicioso. Também gosto muito do tempero com vinho tinto nas carnes mais fortes.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Que bom aspecto!Concordo contigo. Queque é sempre queque.
    Este frango com ervas a dar aroma deve ser bem bom!
    Beijo.
    isa.

    ResponderEliminar
  4. Muito bom, faço muitas vezes.
    Jinhos fofos

    ResponderEliminar
  5. Assim mesmo...!Querem tirar tudo o que Portugal tem de melhor!!!
    Já fiquei revoltada com a alteração ortográfica, andei 12 anos aprender português correctamente, "a levar nas orelhas quando copiava textos directamente da wikipédia que é tudo brazileiro", e agora dizem que já não é assim é assado,querem acabar com as tradições portuguesas, os pratos tipicos de Portugal são confeccionados em outros países e alteram o nome para passar a ser deles, daqui a pouco não sabemos quem somos, a nossa origem, tradições, lingua,etc.
    Já me extendi demais Luísa, mas é a revolta, compreendes!?
    Voltando ao teu prato, está fantástico, hei-de de experimentar.
    Bjs

    ResponderEliminar
  6. mas que ricas coxinhas....era um almoço tentador aqui para a menina...
    beijos e BFS

    ResponderEliminar
  7. ahhh boa! Um prato bem quentinho para esta epoca! Tenho mesmo que fazer algo assim em vinho tinto, ta visto!

    Pode ser vinho tinto do "carrascao"?? Ou seja, fica bom??

    Beijinhos :)

    ResponderEliminar
  8. Obrigado pelos comentários.
    É uma refeição bem típica e apetitosa.

    Verdinha, li uma vez que o vinho que não é bom para beber também não é bom para cozinhar. Cá em casa não apreciamos vinho tinto para beber, por isso o que utilizo na comida é vinho de qualidade, em vez de o bebermos cozinho com ele.

    ResponderEliminar
  9. E tenho dito !.... à boa maneira Portuguesa e mais nada. E que saboroso deve ter ficado.

    ResponderEliminar
  10. Nunca experimentei fazer frango assim, mas parece-me uma boa ideia, e tenho lá um franguinho partidinho, vou experimentar.
    Concordo contigo Luísa, o vinho que não é bom para beber, também não é bom para cozinhar. Eu adoro vinho tinto, é o meu favorito, seja maduro, seja verde. Aprecio mesmo muito.

    ResponderEliminar
  11. que maravilha! isto em vez de frango, ser feito com coelho também deve ficar delicia eheh bjoca:*

    ResponderEliminar
  12. Um frango caseirinho sabe sempre tão bem. Bjs

    ResponderEliminar
  13. Belinha, tens razão, a versão com coelho certamente fica bombástica!
    Beijinho.

    ResponderEliminar
  14. Fátima, cá em casa raramente bebemos vinho, e quando o fazemos é verde ou branco. Tenho de reserva para quando recebemos visitas, mas geralmente o vinho tinto é usado na comida.

    ResponderEliminar
  15. Frango caseiro é outra coisa.O vinho tinto dá um sabor especisl á carne.

    Bjs

    ResponderEliminar
  16. Que delicioso!!
    Tem graça...ontem fiz frango assado para o jantar e quando fui para deitar o vinho branco ups...não havia, deitei tinto...ficou escuro mas muito saboroso!

    ResponderEliminar
  17. Bela sugestão!

    Cá em casa uso maioritariamente vinho branco na comida.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  18. Luísa, não é só estrangeirismo, também põem muitos corantes e conservantes para que os "cupcakes" possam aguentar dias ou semanas nas vitrines dos centros comerciais. Nada melhor do que os nossos queques caseirinhos e bem saborosos.
    E o teu frango caseiro, como sempre, deixa qualquer um de água na boca.
    bjos

    ResponderEliminar
  19. Frango caseiro tem sempre outro sabor. É uma pena que cada vez menos temos acesso aos frangos caseiros. Graças a deus ainda tenho a minha mãe que consegue matar e arranjar, quando isso não for mais possível, não sei se terei coragem para fazer o mesmo.
    Bjs

    ResponderEliminar
  20. Aqui está um belo frango, com uma bela cor, e que deve ter ficado divinal! E tudo em português! :D beijinhos e bom fs

    ResponderEliminar
  21. Luísa,
    Gosto bastante de frango com vinho tinto , também costumo fazer , bjs e bom fim de semana!

    ResponderEliminar
  22. E o que é português é nosso e temos que valorizar.

    Eu pessoalmente detesto cupcakes, o queque não vale nada e a cobertura é detestável, mas pronto é a minha opinião, quem gosta gosta! Eu prefiro um queque de maminhas bem portugês.

    O teu franguinho ficou bem bom, sendo caseiro tem o seu sabor, e é criado com amor só isso já o torna tão bom.

    Beijo

    ResponderEliminar
  23. luisa tens toda a razao
    e fica um franguinho que e um regalo
    beijocas

    ResponderEliminar
  24. Olá Luísa,
    Tens razão da-mos mais valor ao nome em inglês, porque será?
    Gosto muito desta receita, é perfeita para o passatempo. Coloca aqui o link para o tentações para poder validar a tua participação, basta uma curta referência ao passatempo no final da mesma.
    Obrigada e bjs.

    ResponderEliminar
  25. olá luisa,
    concordo ctg relativamente aos cupcakes, tb penso sempre isso!!

    ResponderEliminar

Obrigado pela visita!

Por favor assine as mensagens.
Comentários anónimos não são publicados.