quinta-feira, 31 de Dezembro de 2009

Gratinado de Conchas com Fiambre, Chourição e Tomate Cherry





Mais uma receita feita com aproveitamentos.
Desta vez frango assado, fiambre e chourição.
As massas aqui em casa resultam sempre, pois todos os gostam.

Ingredientes:
| Massa Conchas
| 1 Caldo de Massas
| 1 Dente de Alho

| Azeite
| 1 Dente de Alho
| 1 Linguiça
| Sobras de Frango (ou outra carne)
| Fiambre
| 200 ml. de Natas Culinária (1 pacote)
| Chourição
| Tomate Cherry
| Queijo Mozarella Ralado

Preparação:
No copo da Bimby coloca-se as conchas de massa a cozer.
Enche-se o copo com um litro de água, tempera-se com um caldo de massas e um dente de alho e selecciona-se 10 min., tep. 100º, vel. 1.
Depois junta-se o cesto com as conchas lá dentro e programa-se mais 8 min., temp. 100º, vel. 4.

No wok coloca-se o azeite com o dente de alho até estalar.
Adiciona-se a linguiça sem pele e partida em rodelas finas.



Frita-se durante um minuto.
Adiciona-se as sobras de carne e o fiambre.
Mistura-se tudo bem e juntam-se as natas para culinária, envolvendo delicadamente.



Num pirex que possa ir ao forno coloca-se a massa entretando cozida e bem escorrida.
Por cima deita-se o preparado de natas e fiambre.



Colocam-se rodelas de chourição e tomate cherry partido a meio.



Polvilha-se com queijo mozzarela ralado.



Leva-se a forno pré-aquecido a 200º até ficar gratinado a gosto.



Fácil, não acham???





Novidades todos os dias, aqui!

quarta-feira, 30 de Dezembro de 2009

Entrecosto no Forno





Com este frio terrível que tem estado, o que apetece comer são as tradicionais comidas de forno.
Além de muito saborosas tornam a cozinha mais quentinha!!!!
Junta-se o útil ao agradável.

Ingredientes:
| Entrecosto
| Alho
| Cebola
| Massa de Pimentão
| Vinho Tinto
| Molho Inglês
| Louro
| Paprika
| Orégãos

| Caldo de Carne para Assados
| Margarina
| Azeite

Preparação:
Fazer uma marinada com os alhos, cebola, massa de pimentão, louro, vinho tinto, molho inglês, paprika e orégãos.
Cortar o entrecosto aos pedaços e deixar tomar gosto na marinada, se possível durante umas horas.



Colocar num pirex, deitar por cima um pouco da marinada, partir um caldo de carne para assados aos pedaços e juntar, e por cima umas nozes de margarina e um fio de azeite.
Levar a forno pré-aquecido a 190º.
Virar os pedaços de entrecosto a meio da cozedura.



Servi acompanhado com esparguete e salada de tomate temperada com azeite extra-virgem, uma outra especialidade italiana de tempero excelente.
Torram-se um pedaços de pão e coloca-se uma fatia de tomate temperado generosamente com orégãos e azeite, e um pouco de sal. Experimentem e digam-me lá se não é delicioso!





Quem quiser pode adicionar cogumelos também, fica bastante bom.
Por vezes coloco batatinhas aos quartos que assam juntamente com o entrecosto, também é fantástico.



Novidades todos os dias, aqui!

terça-feira, 29 de Dezembro de 2009

Cantinho das Especiarias



O Natal já passou.
Aqui em casa foi passado em família, com muita saúde, que é o principal.

O Menino Jesus, sempre generoso, e como sabe que fui uma menina bem comportada durante todo o ano (!!!), mimou-me com imensos presentes, alguns deles que vieram enriquecer a minha cozinha!
Obrigado, mais uma vez, a todas as amigas sempre queridas que me enviaram presentes por correio, utilizei grande parte deles nesta época festiva e foram de muita utilidade.
Para vos deixar com um pouco de inveja, sentimento tão comum entre as mulheres, e principalmente entre amigas, mostro o meu cantinho das especiarias, bem recheado de ingredientes tão amavelmente oferecidos!

O livro do Jamie Oliver foi uma oferta do meu Irmão e da minha cunhada Tânia, que tenho como fã número um!
Penso até que ela gosta mais do meu blog que eu!!!!!
Obrigado!

As reportagens relativas ao Natal só serão publicadas em Janeiro.
Os blogs que visito estão todos a publicar post relativos ao Natal, começa a ser tudo muito repetitivo e até mesmo saturante, por isso mesmo prefiro deixar passar umas semanas e depois então mostro as minhas coisas, quando todos já se tiverem esquecido do que comeram no Natal!!!!!

Agradeço a todos os votos de Boas Festas e espero que todos tenham tido um Santo Natal!

Tarte Folhada de Ananás e Canela com Bage Cremim





O bage cremim continua a ser um grande aliado para as minhas tartes, que têem feito sucesso tanto cá em casa como para as festas que as levo.
Esta foi para a festa de Natal da escola dos meus filhos.

Ingredientes:
| 1 Placa de Massa Folhada Fresca (usei do Pingo Doce)
| Bage Cremim (3 colheres de preparado + 3 colheres de açúcar + água)
| Canela
| Ananás

Preparação:
Forra-se uma forma de silicone de tarte com a placa de massa folhada fresca.
Por cima deita-se o preparado de bage cremim, eu faço 3 colheres de preparado + 3 colheres de açúcar + água.



Polvilha-se com canela, a gosto.



Por cima dispõe-se o ananás e polvilha-se com um pouco de açúcar.



Leva-se a forno pré-aquecido a 200º até folhar e dourar a gosto.



Deixa-se arrefecer e desenforma-se.




Novidades todos os dias, aqui!

segunda-feira, 28 de Dezembro de 2009

Tomate Seco



Para as pessoas interessadas que me pediram para colocar uma foto da embalagem aqui fica.
Consegui encontrar à venda no Pingo Doce.

Camarão Tigre no Forno com Whisky e Laranja



Esta receita já se encontra aqui.
De tanto que gostei voltei a repetir!

A receita original vi na Canela Moída, a quem mais uma vez agradeço a receita!

Desta vez substituí o limão por laranja, ficou igualmente fantástico.

Deixo os ingredientes e o modo como eu fiz.

Ingredientes:
| Camarão Tigre
| Alho
| Louro
| Margarina
| Caldo de Marisco (em alternativa ao sal)
| 3 colheres (de sopa) de Whisky
| 1 Laranja
| 1 Limão

Preparação:
Umas horas antes temperar o camarão tigre com alho, louro e sumo de laranja.

Abrir os camarões ao meio no sentido longitudinal.
Colocá-los num pirex.
Por cima colocar a marinada, o caldo de marisco, a margarina e o whisky.



Levar a forno pré-aquecido a 200º, regando de vez em quando os camarões com o molho para ficarem bem suculentos.
Quando estiverem tostados a gosto retirar e regar com sumo de limão.



É uma receita muito boa e que, agora neste tempo mais frio, sabe mesmo bem!
Acompanhei com azeitonas temperadas e patê de delícias do mar.





domingo, 27 de Dezembro de 2009

Borrego no Forno com Batata Doce



A receita não é novidade no blog, já a tinha colocado aqui.
Agora com este tempo tão frio é uma refeição que sabe mesmo muito bem.

Ingredientes:
| Borrego
| Massa de Pimentão
| Alhos
| Cebola
| Louro
| 1 Cálice de Brandy
| Vinho Branco

| Batata Doce
| Batatas

Preparação:
Corta-se o borrego em pedaços e tempera-se no dia antes com uma marinada generosa feita com a massa de pimentão, alhos, louro, cebola, brandy e vinho branco.
O brandy ajuda a amaciar a carne.
No dia seguinte escorre-se o borrego e coloca-se num tabuleiro, de preferência de barro, juntamente com algum molho da marinada, um fio de azeite e umas nozes de margarina por cima.
Lavam-se bem as batatas doces, cortam-se em pedaços (com a casca para terem mais sabor) e juntam-se à carne.
Juntou-se também batatinhas pequenas normais.
Leva-se a forno pré-aquecido a 200º até ficar cozinhado, geralmente demora 45 minutos.



Serve-se com grelos cozidos e temperados com azeite.

sábado, 26 de Dezembro de 2009

Caldeirada de Bacalhau e Batata Doce com Ovos Escalfados





Ingredientes:
| Bacalhau Demolhado
| 2 Cebolas
| 3 Batatas Doces
| 2 Tomates bem maduros
| Alho
| Pimento
| Massa de Pimentão
| 1 copo de Vinho Branco
| 1 copo de Água
| 1 Ramo de Cheiros
| Ovos (depende do número de pessoas)

Preparação:
Num tacho anti-aderente, ou numa cataplana, coloca-se uma camada generosa de cebola às rodelas.
Por cima as batatas doces às rodelas, a batata doce utiliza-se com a pele para ter mais sabor.
Junta-se o bacalhau demolhado.
Coloca-se também o tomate cortado às rodelas, o pimento e o ramo de cheiros (salsa, coentros....)
Num recipiente mistura-se o vinho branco, a massa de pimentão, os alhos cortados aos pedaços pequenos, um caldo de peixe e, para quem goste, especiarias de peixe (vendem-se umas embalagens da Margão).
Deita-se esta marinada por cima das camadas, rega-se com azeite generosamente e junta-se um copo de água.
Deixa-se cozer tapado, e sem mexer, abanando o tacho ligeiramente de vez em quando para não partir as rodelas de batata e o bacalhau
Demora à volta de 45 minutos a cozer.
Convém ir verificando sempre o molho, para que não seque.
Adicionar água morna sempre que necessário.
Verifica-se a cozedura e os temperos e quando estiver pronto junta-se os ovos, abrindo uma concavidade com uma colher e deitando lá para dentro o ovo partido.
Tapa-se, deixa-se escalfar e serve-se.







Vejam as novidades, aqui!

sexta-feira, 25 de Dezembro de 2009

Doce de Abóbora Aromatizado com Cardamomo





Esta é uma receita que eu não dispenso.

Faz sempre sucesso, fica deliciosa e é fantástica para rechear os pastéis de abóbora tradicionais do Natal.

Ana Lúcia, como podes ver a toalha que me ofereceste fica maravilhosamente bem na minha cozinha, parece que foi feita à medida!

Ingredientes:
| 800 grs. de Abóbora descascada e cortada em pedaços
| 400 gr. de Açúcar
| 2 colheres de Cardamomo em Pó

Preparação:
No copo da bimby coloca-se a abóbora em pedaços.
Junta-se o açúcar e o cardamomo em pó.



Programa-se 30 min., vel. 1, temp. 100º.
No final, e se estiver muito líquido, programar mais 10 min., vel. 1, temp. varoma, retirando o copinho e colocando o cesto por cima da tampa para que não salpique.
O tempo para apurar o doce é relativo, depende sempre da qualidade da abóbora.
Neste caso específico tive de dar mais 20 minutos na temperatura varoma para atingir a consistência desejada.

Quem gostar do doce mais aveludado tritura a abóbora, para o efeito que fiz este doce, que é para rechear os pastéis de abóbora, prefiro com pedaços maiores, por isso não a triturei. Fica com aqueles fios característicos da abóbora, eu aprecio isso neste género de doce.



Fiz duas receitas de doce, coloquei em frasquinhos e alguns são para ofertas para amigas, nos quais adicionei também miolo de noz.



Boas Festas!

quinta-feira, 24 de Dezembro de 2009

Santo Natal!



Gostava que todos os que me visitam aqui no blog, sentissem a magia do Natal.
Que o Deus Menino nasça no coração de todos vós e traga saúde e alegria para as vossas famílias.

Um beijo bem especial e natalício da Luísa Alexandra!

Queques de Marroquinas e Cardamomo com Sementes de Papoila







O género de bolos que mais faço aqui em casa são os queques.
Fáceis, rápidos e de formato individual, são o mais apreciado para enviar nos lanches.
Coloquei as sementes de papoila só para dar graça as pintinhas pretas, quem não tiver pode suprimir pois não altera o sabor final.
Também utilizei mel, mas pode ser feito com açúcar.
Com as formas de silicone a cozedura é super rápida e o desenformar mesmo muito fácil, como as fotos vão comprovar...

Fiz a receita apenas com três ovos, deu para 12 queques.



Ingredientes:
| 3 Ovos
| 80 gr. de Mel (ou açúcar)
| Sumo de 2 marroquinas (eram pequenas)
| 1 colher (de sobremesa) de Cardamomo em Pó
| 20 gr. de Margarina
| 1 colher (de sopa) de Sementes de Papoila
| 150 gr. de Farinha
| 1 colher (de sobremesa) de Fermento em Pó

| Açúcar para polvilhar

Preparação:
No copo da Bimby, e com a borboleta colocada, colocam-se os ovos.
Programa-se 3 min., vel. 4, temp. 37º.
Depois mais 3 min., vel. 4 (sem temperatura).
Adiciona-se o mel (ou açúcar), o sumo das marroquinas, o cardamomo, a margarina e as sementes de papoila.
Mistura-se 15 seg., vel. 3.
Junta-se a farinha e o fermento e envolve-se 15 seg., vel. 3.

Deita-se a massa em formas de silicone de queques e por cima polvilha-se com açúcar, para que fiquem com uma crosta depois de cozidos.



Levam-se a forno pré-aquecido a 185º durante 10 minutos, ou até estarem dourados a gosto.
Os queques feitos nas formas de silicone cozem bastante depressa, não deixem ficar tempo a mais no forno senão ficam muito secos.

Depois de cozidos deixam-se arrefecer e desenforma-se.
Basta com uma mão empurrar o queque para cima e com a outra mão retirar, é muito fácil.







Já prontos a comer:





Novidades todos os dias, aqui!