quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Compota de Abrunhos • Máquina de Fazer Pão

Pin It

Ainda não tinha experimentado fazer compota na máquina de fazer pão.
Com uns abrunhos bastante maduros que a minha avó me deu resolvi experimentar.
Optei por retirar a casca, pois esta é bastante rija, contrastando com o interior, que se desfaz facilmente.
Também coloquei 1/3 do açúcar, pois os abrunhos são terrivelmente doces.



Ingredientes:
| 700 gr. de Abrunhos descascados e sem caroço
| 250 gr. de Açúcar
| 1 pau de Canela

Preparação:
Retira-se a casca e o caroço dos abrunhos.



Pesam-se e colocam-se na cuba na máquina de fazer pão.
Pesa-se também o açúcar e junta-se, com um pau de canela.



Selecciona-se o programa de COMPOTAS, nesta máquina é o 9.



Quando terminou o programa, que dura 1H20, a compota ainda estava muito líquida.
Voltei a seleccionar o mesmo programa, só depois é que ficou no ponto.
Por isso demorou 2H40.



Ficou óptimo!



Novidades AQUI.

30 comentários:

  1. Aqui está uma fruta que nunca provei.
    E tb nunca fiz compota na MFP.

    Mas que ficou linda, ficou!
    :)

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  2. Que óptimo aspecto Luísa!!!
    Além de se poder comer com pão, fica igualmente delicioso para rechear bolos e tortas ou para pincelar tartes (como vou publicar em breve!).. :D
    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  3. Olá Luísa,
    Como visitante assidua do teu site tenho a dizer que o mesmo está mais lento desde que aparecem uma série de janelinhas de publicidade e do Friend connect. FIca mais lento a carregar e importuna a leitura, eu de facto detesto tudo o que são pop-ups...assim queria que me dissesses se há alguma maneira de os retirar.
    Obrigado pela compreensão. É apenas um pedido, não precisas de publicar o comentário. escreve apenas a solução:)

    Muito obrigado e beijinhos.
    Susana

    ResponderEliminar
  4. hummm deve estar uma delicia, eu adorava comer um cadinho agora numa bolacha de agua e sal, hummmmmmmmmmmm
    Bjocas

    ResponderEliminar
  5. que belo docinho, vale-nos a mfp caso contrario é ver o fogão todo sujo, cheio de salpicos, heheheee...
    beijinhos linda

    ResponderEliminar
  6. que simples!! e fica aí uma compota óptima!!!

    ResponderEliminar
  7. Adoro fazer compotas na MFP, tenho tido sorte com a consistência e não tem sido necessário repetir o programa. A tua ficou com um aspecto muito apetitoso, deve ficar perfeita no fundo dos copinhos dos iogurtes :)

    ResponderEliminar
  8. Olá Luisinha,

    Vá-se lá saber porquê, ontem fui brindada com um selo…
    Aquela coisa faz bem ao ego mas dá cá uma “trabalheira”...
    Aquilo é coisa séria e tem de se cumprir as regras. Uma das coisas que tive de fazer foi seleccionar 8 blogs que gostasse e, como se não bastasse, ainda fui “obrigada” a notificar o autora do blog.
    Não foi fácil a selecção. Depois de muito ponderar não poderia deixar de eleger o teu blog como um dos meus preferidos. A devida declaração está no 24 Horas (Não, não é o jornal… é mesmo um blog meio tontinho) e a respectiva razão para que o blog tivesse sido seleccionado também lá está.

    Acho que cumpri com todos os procedimentos protocolares exigidos a quem recebe um selo.

    Nota. A base da notificação é comum a todos os eleitos mas as razões são diferentes. De qualquer forma com ou sem selo vou continuar a gostar do teu blog.

    Beijinhos

    PS. Já disse que faltam 2 (DOIS) dias para ir de férias?

    ResponderEliminar
  9. Gosto muito de fazer compotas, e esta deve estar mesmo muito boa!
    Apesar de ter máquina de pão, nunca experimentei fazer doce na minha. Tenho de experimentar!

    ResponderEliminar
  10. Estas vossas máquinas de fazer pão são uma maravilha...
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  11. Eu assim que comprei a máquina do pão fiz logo doce de abóbora, e fica muito bom, mas tem de ser pelos menos as 2h e pouco.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  12. Deve ter dado algum trabalho a descascar... e demorou muito tempo a fazer... mas deve ter valido bem a pena! Que óptimo aspecto Luísa!! :P Beijocas

    ResponderEliminar
  13. chegaram uns botins com flores pelo correio.O que me deu a ideia para as nossas férias....
    Como não queres ir para fora e cá dentro está tudo com a gripe podemos ir para o Douro pois Setembro é epoca das vindimas, ar livre... natureza... uvas... botins !!!!
    Estou a brincar.
    Ginho

    ResponderEliminar
  14. Já te tinha confessado que para além de pão a minha MFP nunca fez mais nada!
    Claro que por opção minha!!!
    Acho que deve fazer muita sujeira,faz??
    São ideias, como gosto tanto de fazer ou manual para maior quantidade ou na Bimby....
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  15. Gasparzinha, os abrunhos são como as ameixas, mas selvagens, pelo menos estes sim.
    Os meus avós têem há imensos anos uma árvore que nunca foi tratada nem podada (acho que é assim que se diz...) e que de vez em quando nos brinda com estes óptimos abrunhos. Não dá todos os anos, mas quando tem fruto é mesmo em excesso, e são mesmo muito doces.

    Soraia, eu tenho feitos imensos doces, sempre para aproveitar a fruta madura.
    Este foi feito em casa da minha Mãe, mas na minha MFP também já experimentei.

    Susana, já retirei a barra dos seguidores na página principal porque também a mim me tem trazido erros. Vamos ver se assim melhora.
    As janelas de publicidade que falas é que não sei a que te referes, a publicidade que tenho é na lateral e só clicando é que és reencaminhada...
    Obrigado pelo aviso!

    Patanisca, o tempo necessário à confecção depende da fruta. Umas contêem mais água, daí necessitem de mais tempo para a evaporar e ganhar consistência.

    Miss Complicações, sabes que te tenho em grande conta!
    Agradeço imenso o selinho, mas já há muito tempo optei por não colocar nada desse género aqui no blog, espero que compreendas.
    Mas fico muito agradecida por te teres lembrado de mim!

    Isabel, não dá assim tanto trabalho a descascar! O tempo de confecção foi mais demorado porque repetiu o programa, mas não temos a preocupação de andar a mexer como se fosse no modo tradicional, o que é óptimo.

    Amor, ainda bem que a minha encomenda já chegou, só os posso ver logo à noite.
    Guarda-os bem e não andes a mostrar às minhas amigas senão toda a gente quer comprar uns iguais! (isto porque sei que a esplanada inteira do Apollo já os viu...)
    Eu sei que tu não gostas deles, mas eu gosto de ti à mesma.

    Cinha, ao contrário de ti a minha máquina ainda só fez pão uma vez!
    Esta da minha Mãe faz imensas vezes, também é para o que é mais utilizada, mas a de minha casa foi estreada com um bolo, e utilizei também para amassar pão, não o cozi lá, prefiro fazer em bolinhas cozidas no forno, acho que fica mais tradicional.
    O doce gosto bastante de o fazer na MFP e passo a explicar:
    Dá para mais quantidade do que na Bimby, além disso na Bimby muito facilmente o doce sai quando ferve, na MFP não.
    Como uso mais a Bimby que a MFP não me importo que esta última esteja ocupada durante algum tempo.
    Nas compotas em que quero que fique a notar-se mais a fruta nem me preocupo em triturar. Por exemplo nesta não foi necessário e ficou a fruta totalmente desfeita.

    ResponderEliminar
  16. uhmmmm...o que adoramos essa fruta aqui por casa!! Essa compota está com excelente aspecto! :)

    ResponderEliminar
  17. Olá Luísa! Também tenho lá uns abrunhos debaixo dos sobreiros que nunca foram tratados. Mas todos os anos dão qualquer coisa, e acabam sempre por se estragar, porque nesta altura há tanta variedade de fruta, que os pequenitos vão ficando pelo chão. Mas o teu doce deve estar muito bom, porque os abrunhos até são bons. Beijocas

    ResponderEliminar
  18. Foi a unica coisa que ainda não fiz na máquina do pão, o teu doce ficou uma maravilha.
    bjsss

    ResponderEliminar
  19. Que optimo aspecto Luisaaa!

    Ficou com uma consistencia fantastica!

    ResponderEliminar
  20. Bom aspecto, eu também tenho sempre que seleccionar o programa duas vezes porque ficam líquidas.

    ResponderEliminar
  21. Esse intercâmbio é mesmo ótimo!!!
    Nunca tinha imaginado que existiam abrunhos. Certamente vou demorar um pouco para conhece-los. Mas pelo que deu para perceber, tem um leve gostinho azedo, certo?

    ResponderEliminar
  22. Amiga e de certeza que ficou uma delícia...jinhosssss

    ResponderEliminar
  23. Deve ter ficado uma delícia!
    Os abrunhos cá em casa desaparecem rápidamente não dá para fazer compota. Também nunca experimentei fazer na máquina do pão, fica melhor que na bimby?

    ResponderEliminar
  24. Argas, eu adoro abrunhos!
    Tenho pena de só os ter quando a minha Avó me traz, pois é da minha fruta favorita.

    marta, não os deixes estragar.
    Resultam num doce excelente, bem melhor do que o de ameixa.

    Abelha, experimenta e depois conta-me o que achaste. Eu tenho usado a minha muito para fazer o doce e gosto bastante.

    Verdinha, obrigado.

    Ameixa, dependendo da consistência que mais apreciamos será necessário, ou não, repetir o programa. Gostava de experimentar fazer o doce de abóbora, que é sempre mais consistente, na MFP. Daqui a mais uns meses quando for mais em abundância já faço a experiência.

    Bruna, os abrunhos são doces, muito doces.

    Sónia, ficou mesmo, beijinho.

    Conceição, eu utilizo apenas o que estão maduros demais. Pessoalmente não gosto da fruta muito madura para comer simples, prefiro mais rija. Por isso quando está madura de mais ou "tocada" utilizo em compotas.
    Fazer na Bimby ou na MFP para mim o resultado final é igual.
    Como para as refeições utilizo mais as Bimbys não me convém que estejam ocupadas muito tempo, e o doce demora a fazer.
    O prroblema que acho na Bimby é que a quantidade que se faz é muito pequena, depois do doce feito resulta num frasco, pouco mais...
    Se colocamos muita quantidade sai para fora e suja tudo, o que não acontece na MFP.
    Apesar de ser bem mais rápido fazer na Bimby.

    ResponderEliminar
  25. Eu fiz geléia de morango na máquina de pão , mas fiz pouca quantidade, o problema que demorou um pouco e sujou por dentro até o visor, mas ficou deliciosa.
    Mas faria novamente com quantidade maior de fruta.
    Mas me diga o que é abrunhos(parece uma uva?)
    Beijos

    ResponderEliminar
  26. tenho uma ameixeira dessas na minha horta, mas a malvada este ano está de greve e recusa-se a dar fruto... lol
    a compota deve ter ficado deliciosa.

    ResponderEliminar
  27. Anna, tens uma fotos dos abrunhos no post....

    ResponderEliminar
  28. Olá, aqui no monte tambem tenho uma árvore que este ano pela primeira vez, carregou de abrunhos!São tantos, tantos que sem saber o que lhe fazer, porque temos outras qualidades de fruta a "explodir", resolvi vir à net procurar uma receita para doce;então encontrei as suas receitas para fazer na máquina do pão ou na bimby;onde se comercializam essas máquinas?Deve ser bastante mais prático e fazer menos sujeira.Obrigada pelas dicas.rosa.xa

    ResponderEliminar
  29. Rosa, a Bimby é comercializada apenas por venda personalizada. Se quiseres enviar-me o teu email explico-te tudo.

    ResponderEliminar
  30. Delicioso, como tenho muitos abrunhos, é uma execelente forma de aproveitar.
    Já tinha experimentado fazer doce de abobora na MFP e ficou delicioso.
    Já fiz, esta compota e ficou deliciosa.
    Coloquei no meu blog.
    obrigado.
    BJS

    ResponderEliminar

Obrigado pela visita!

Por favor assine as mensagens.
Comentários anónimos não são publicados.